Que tratamentos tem ao seu dispôr

As rugas costumam surgir normalmente nas zonas do corpo mais expostas ao sol, incluindo o rosto, pescoço, a parte de cima das mãos e dos antebraços.

As rugas podem ir desde as linhas finas e superficiais, às mais sulcadas e notórias. Se as rugas começam a causar-lhe incómodo, saiba aqui como removê-las, reduzi-las ou preveni-las.  

 

O que Causa as Rugas?

Alguns dos fatores que contribuem para o aparecimento de rugas são: fumar, o tipo de pele da pessoa – pessoas de pele clara e olhos claros são mais suscetíveis de ficar com a pele danificada pelo sol – o fator genético e a exposição solar. 

Não há forma de controlar alguns destes fatores, mas outros são contornáveis – como fumar e a exposição solar, por exemplo.

 

Tratamentos para as Rugas

Há várias formas de minimizar a aparência das rugas ou até mesmo removê-las. Alguns dos procedimentos mais comuns são os que se seguem: 

 

Retinóides

Entre os tratamentos tópicos, este é sem dúvida o mais eficaz. Melhora a aparência de sinais de envelhecimento da pele, como pigmentação, pele áspera e rugas. Estes medicamentos tópicos podem causar vermelhidão e escamação ao início, mas a pele começa a mostrar melhorias quando estabiliza.   

 

AHAs ou Ácidos Alfa-Hidroxi

Este grupo de ácidos inclui o ácido glicólico e o ácido lático. Preparados que contêm estes ácidos são por norma seguros, podendo no máximo causar alguma irritação. As melhorias que se observam na pele são subtis.

 

Antioxidantes

Este grupo inclui as vitaminas A, C e E, assim como o beta-caroteno. Produtos com antioxidantes oferecem uma leve proteção solar e melhoram ligeiramente a aparência das rugas. 

 

Cremes Emolientes

Estes cremes podem reduzir a aparência das rugas temporariamente.  

 

Peeling com Ácido Glicólico

Estes peelings superficiais podem causar uma redução suave na intensidade das rugas mais finas.

 

Peelings Intensivos

Estes peelings usam ingredientes como fenol, ácido salicílico ou ácido tricloroacético que penetram mais profundamente na pele. Estes peelings mais intensivos têm bons resultados, mas também têm outros riscos ou efeitos secundários dependendo de vários fatores. Podem causar pigmentação, marcas ou cicatrizes. O peeling pode causar desconforto, portanto informe-se com um profissional sobre o que esperar deste procedimento.   

 

Dermoabrasão

dermoabrasão é um processo abrasivo que remove a epiderme e a derme superficial, melhorando irregularidades e rugas. A renovação da pele é acelerada por meio mecânico, de forma controlada, trazendo para a superfície a base mais regular e suave que se encontra por baixo. Juntamente com a primeira camada de pele, vemo-nos livres, ainda que temporariamente, das impurezas, manchas e rugas finas que esta contém. Os riscos deste processo incluem pigmentação, marcas e cicatrizes. 

 

Rejuvenescimento da Pele com Laser

Médicos especializados podem usar determinados tipos de laser para estimular a produção de colagénio da pele, que a deixa com um aspecto mais firme e preenchido. Visto que há diferentes tipos, deve consultar o seu médico para saber qual o tratamento mais adequado para a sua pele, quantas sessões serão necessárias, qual será o tempo de recuperação e os riscos.  

 

Cirurgia Plástica

O procedimento cirúrgico mais comum para o tratamento das rugas é o lifting, e este pode ser feito em diferentes zonas do rosto ou até em zonas do corpo que demonstrem sinais de envelhecimento. Há circunstâncias em que intervenções mais reduzidas são suficientes. Fale com o seu médico para saber qual a abordagem mais indicada para o seu problema.  

 

Preenchimento com Injeções

Outra forma de reduzir ou evitar o aparecimento de rugas é utilizando substâncias injetáveis cujos efeitos são temporários e variam consoante a substância utilizada. Substâncias como o ácido hialurónico preenchem as rugas temporariamente, enquanto que outras como o botox paralisam os músculos nas zonas onde surgem as chamadas “rugas dinâmicas”, ou seja, rugas causadas pelos movimentos desses músculos. O efeito do botox também é temporário. As injeções devem ser sempre dadas por um médico especialista 

 

Se está a considerar fazer algum destes tratamentos, consulte um médico experiente. Diga-lhe quais os seus objetivos e expectativas e saiba quais são os benefícios e os riscos daquilo que quer fazer.